em

3 erros para não cometer na hora de gravar um vídeo currículo

Cammila Yochabell, especialista em RH e fundadora da Jobecam, traz erros comuns diante do vídeo

Cammila Yochabell
Cammila Yochabell. Foto: Pedro Nunes

O vídeo currículo pouco a pouco vem ganhando espaço nos processos seletivos em todo mundo. No Brasil a ferramenta deixa de ser uma realidade usada somente na seleção de vagas criativas e profissionais jovens, como traines e ganha o gosto dos demais RHs das empresas, principalmente pela assertividade e otimização nos processos.

Não à toa surgem inúmeras dúvidas do que vestir, o que falar ou fazer frente às câmeras. Quando usada a seu favor, a ferramenta em vídeo passa de temida à aliada do candidato, sendo uma ótima opção para se mostrar criativo frente aos demais, além de economizar tempo e dinheiro ao substituir fases exaustivas e longas presenciais.

Para facilitar esse processo e ajudar os candidatos a terem seu desempenho 100% assertivo na hora de gravar o vídeo, Cammila Yochabell, especialista em RH e fundadora da plataforma de empregos em formato de vídeo currículo Jobecam, dá 3 dicas fundamentais para não errar mais na hora de gravar o seu. Confira a seguir:

1 – Gravar sem script

Normalmente o candidato tem apenas 30 segundos para se “vender”. Tempo suficiente para o recrutador dar o play, tenha atenção captada e decida agendar uma entrevista presencial ou não. Portanto, é essencial que o candidato levante seus principais pontos, de maneira concisa e atrativa.


2 – Uso de fundos escuros

A imagem do candidato é o primeiro contato com o recrutador. Assim como em currículos impressos com foto, fundos escuros causam uma má impressão, demostram certa falta de preocupação com aparência, além de correr o risco de dificultar a visualização. O ideal é um fundo neutro, com parede branca ou cinza, além de bom enquadramento.


3 – Não identificar a cara da empresa antes da entrevista

Identificar qual é a cara da empresa que deseja a vaga ou o perfil que é mais levado em conta da profissão na hora da contratação é a dica. Na pesquisa o candidato vai identificar qual a roupa mais adequada, vocabulário a ser usado e qual expertise que precisa ser destacada na hora da entrevista.

SOBRE A JOBECAM

Jobecam é uma plataforma de empregos que surgiu como alternativa às empresas que desejam otimizar os processos de recrutamento e seleção. Utilizando tecnologia de vídeo e algoritmos inteligentes, a empresa é capaz de ranquear os candidatos mais adequados à determinada vaga de emprego.

O funcionamento desse modelo de negócio consiste tanto para candidatos, quanto para empresas, que podem selecionar alguns dos currículos para a realização de entrevistas gravadas, tudo customizado e conforme a necessidade do recrutador.

Os áudios dos vídeos entrevistas são transcritos e o sistema realiza um cruzamento de informações ranqueando os talentos de acordo com o que é falado pelo usuário e então comparado aos termos mais desejados pelas empresas, podendo ser feito um filtro técnico ou cultural.

Recentemente a startup foi selecionada para participar do programa de aceleração da Oracle, uma das maiores empresas em tecnologia no país e recebeu seu primeiro aporte financeiro da People+Strategy, consultoria empresarial focada em Planejamento Estratégico e Desenvolvimento Humano.

SOBRE A CEO

Cammila Yochabell é natural de Mossoró, no Rio Grande do Norte, formada em Petróleo e Gás, possui MBA em Gestão Estratégica e Econômica em RH pela FGV Management – São Paulo. Realizou diversos cursos de extensão na área de RH e Business nos Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia.

Tem mais de 7 anos de experiência em Recursos Humanos, atuando como intraempreendedora em empresas multinacionais de grande porte.

PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: U4FJXY7TLEPVTET e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

PUBLICIDADE
Montevidéu terá novo Polo de Eventos a partir de novembro

Montevidéu terá novo Polo de Eventos a partir de novembro

Novo HGCA

Estado lança edital para construção de um novo hospital em Feira de Santana com 40 leitos de UTI