em

Embasa integra debate para construção do plano de bacia do Rio Grande

O encontro possibilitou reforçar junto aos presentes a contextualização de questões relevantes e estratégicas para a bacia hidrográfica, fundamentais para a elaboração do plano

Panorâmica do Cais de Barreiras em 2017 (Foto: Divulgação)

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) participou na última quarta-feira (2) de um encontro virtual, por meio de uma videoconferência, para debate da construção do plano de recursos hídricos e da Proposta de enquadramento dos corpos de água do Região de Planejamento e Gestão das Águas (RPGA) do Rio Grande. Juntamente com representantes do poder público, iniciativa privada e terceiro setor, ligados ao setor de saneamento, o coordenador do laboratório regional, Wander do Nascimento, e o gerente do Escritório Local de Formosa do Rio Preto, Rafael Barbosa, contribuíram com os debates.

O encontro possibilitou reforçar junto aos presentes a contextualização de questões relevantes e estratégicas para a bacia hidrográfica, fundamentais para a elaboração do plano. O evento foi organizado pelo Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) e pelo Consórcio Águas do Oeste, formado pelas empresas Hydros e Engeplus, contratadas para a elaboração do Plano de Bacia. Com uma área total de 76, mil quilômetros quadrados, 17 municípios do Oeste da Bahia – a exemplo de Barreiras, Luís Eduardo Magalhães, e São Desidério –  estão na área de abrangência do Comitê de Bacia do Rio Grande.

Panorâmica do Cais de Barreiras em 2017 (Foto: Divulgação)
Panorâmica do Cais de Barreiras em 2017 (Foto: Divulgação)

Da Redação, com agência*

*Com Agência de Notícias
Envie seu conteúdo para análise editorial: redacao@folhageral.com.br
Conheça as condições em https://www1.folhageral.com/termos-e-condicoes

SAC Digital. Foto: Divulgação

Serviço facilita acesso à última via do RG através do SAC Digital

(Foto: Reprodução)

Novo meio de pagamentos do Banco Central, Pix deve estar disponível a partir de novembro